6 de agosto de 2014

«Mim Inteira» Lost in Love

Passei pela fase da dúvida: será que conseguirei conciliar tudo isto em perfeita harmonia? Mãe , mulher, profissional...
Cheguei àquele ponto que deixei de pensar e decidi também deixar as «mariquices» : Não é opcional! Tenho de conseguir! Afinal sou e quero continuar a ser tudo isto! Para além de ter de contar com os desafios que a vida caprichosamente gosta de me apresentar testando me constantemente os meus limites, os meus esforços, a minha paciência e até os meus Sonhos, aspirações ou simples necessidades...

Há dias no entanto mais de tudo... dias que conciliam uma chamada de emergência em cada papel que desempenhamos, uma gratidão, um desafio, um problema, um desejo.... há dias que a serenidade é ofuscada pela inquietude e a ansiedade, que a paciência tem limites pequenos, que os resultados são imperativos, que isto tudo junta-se a condições menos perfeitas no (tudo) que fazemos ou queremos, junta-se um filho maravilhoso agarrado às pernas a tentar de tudo para que tudo páre e ele esteja no centro sem competição e que isto sendo maravilhoso pode ser incompatível em alguns momentos... 
há dias que cansa esta corrida dentro de «mim inteira» de compartimento em compartimento...  mas que demonstram que sim! que afinal tudo pode ser conciliável... em perfeita harmonia ... ainda que com muito sangue nas veias!!
Nem sempre como nas novelas ou nos contos da carochinha que tudo é perfeito... mas tudo pode terminar perfeito porque há Amor! Porque me perco, me impaciento mas com Amor me reencontro de novo e este aparente caos tem sempre uma ordem perfeita.

Há dias em que se fosse Natal eu só pediria: «1 dia»!

ps O meu coração já cresceu mais um bocadinho e já não há tantas pintinhas. A virose está a acabar a estadia no JB e a conjuntivite aborreceu-se desta morada :)))))))))))))))))))) Ainda não come bem mas o pediatra diz que não é má ideia aproveitar estes períodos para ir controlando o peso. O nosso «Gordo» tem um percentil de 95/100 em tudo :)))) 

... e agora ele venceu (vence sempre) e vamos «desligar». Temos um «date» eu e ele no centro da minha atenção! Até que adormeça... porque isso sim «mamãs inteiras», os nossos dias passam a ser bem mais longos mas nunca mais saberemos viver de outra maneira (nem quereremos!).



Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares