6 de janeiro de 2014

Feliz Dia de Reis

Andámos muito virados para «dentro», para o lar, para nós e por isso um pouco ausentes das tecnologias nestes últimos dias de festas.
Mas já regressámos à labuta ainda a ajustar os planos e desejos a realizar em 2014 - acho fundamental! 
Um barco sem rumo não chega a nenhum porto. Uma vida sem sonhos é uma vida sem sabor.
Descobri também que estou com um problema que tenho de enfrentar - um dos meus grandes, senão maior sonho era ser mãe. Sou mãe do bebé mais maravilhoso do (meu) mundo... e agora?
Sempre tive e tenho sonhos, ambições... e necessidades - há vezes em que o anti-sonho funciona muito bem para nos obrigar a continuar a lutar: o anti-sonho podem ser as necessidades por exemplo, se não sabemos o que queremos, sabermos o que não queremos - mas a força que tinham em mim tem uma relevância menor. Isto não é um problema que me paralisa, mas acho que tenho de voltar a apimentar a urgência de algumas realizações. Nada que uns quantos desafios de reflexão, de auto-coaching não resolva :)))))

Esta reflexão vem também motivada pelo Dia de Reis. Sempre soube e reflecti sobre o dia ainda que tal como quem me rodeia nunca o celebrei propriamente. A minha mãe quando pequenas todos os anos nos explicava o presépio e lembro-me de ir aproximando os Reis do menino Jesus até que no dia 6 os colocava em frente à gruta :)))))))))))))

Com um filho «ibérico» nem que não queira a cultura do país vizinho chama-me mais a atenção porque um dia alguma coisa dela poderá ser interessante ou bom que ele conheça - (Dia de Reis em Espanha)
Não enviámos no Natal mas enviámos nos Reis o miminho doce para a avó daquele lado.

Feliz Dia dos Reis!



... Vou ver se «como a minha fatia»!

História do Bolo Rei




Sem comentários:

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares